sexta-feira, 26 de Abril de 2013

Fail na cozinha

Eu sou daquelas pessoas que espera que tudo corra bem à primeira, principalmente na cozinha, e quando assim não acontece fico desanimada, ponho de parte aquele projecto e começo outro. E se há coisa que a cozinha me tem ensinado é a ser paciente e fazer as coisas com calma, e acima de tudo, a voltara tentar.
Detesto sentir que as coisas não me correm bem, desperdício de tempo, de dinheiro, de materiais, de tudo, mas em troca ganhamos com os erros, e aprendemos o que devemos ou não fazer.
Pois bem, escrevo este post após um fail culinário. Lembram-se destas queijadas? Hoje estive a fazer umas quantas e decidi armar-se em esperta, em carapau de corrida como diria a minha avó, decidi que no lugar de fazer as queijadas nas formas de metal, deixá-las arrefecer e depois metê-las em forminhas de papel,  devia meter a massa das queijadas no papel, dentro das formas de metal. Menos trabalho e muito mais fácil, certo?...
Óbvio que não correu bem, e agora tenho uma fornada de queijadas de leite agarradas ao papel e que nem por nada deste mundo se descolam... 
Fiquei desanimada? Com certeza...
Mas ao mesmo tempo, sinto que aprendo com cada erro, e que especialmente é preciso tempo na cozinha, que não podemos saltar passos e apressar a ordem natural do procedimento se queremos que as coisas corram de acordo com o planeado.
Esperemos que futuros projectos culinários corram melhor.

quinta-feira, 25 de Abril de 2013

Shame on me

Já la vão 9 meses desde que postei alguma coisa no meu blog, devo admitir que sinto vergonha por ter, de certa forma, abandonado este espaço que me é tão querido, mas ao mesmo tempo contente, por ainda ter quem me siga tanto aqui como no Facebook.
Pensei em apagar este blog, mas sinceramente não consigo, gosto de colocar receitas aqui, e de ter algum feedback de quem me segue, por isso, mesmo que por agora não o consigo dar a atenção devida, não vou acabar com A Cozinha de Sábado.
Todos nós andamos ocupados com a nossa vida, e eu não sou excepção, entre estudar e trabalhar ao mesmo tempo, com mais uma ou outra coisa pelo meio, mal tenho tempo para respirar, quanto mais ter tempo para cozinhar com calma, ou cozinhar de todo!... Tenho alguns projetos em mente, o que falta mesmo é o tempo.
Mas tal como dizem, depois da tempestade vem a bonança, e espero por tempos mais calmos para poder dedicar-me à minha cozinha.

sexta-feira, 6 de Julho de 2012

Uma quiche

A Cozinha de Sábado voltou! Após alguns meses sem colocar nada aqui, hoje sinto que é dia para fazê-lo. Com uma Quiche Lorraine, um pouco modificada, para se adaptar aos ingredientes que tinha em casa, mas muito saborosa.


Quiche Lorraine
Massa:
- 250 gr de farinha sem fermento
- 125 gr de manteiga derretida
- 125 ml de água
- Pitada de sal
- Manteiga para untar

Recheio:
- 200 ml de leite
- 200 ml de natas
- 3 ovos
- 1 c. sopa de farinha
- 150 gr presunto aos cubos
- 150 gr fiambre aos cubos
- 150 gr queijo aos cubos
- Pimenta q. b.
- Sal q. b. (opcional, não pus muito pois o presunto é bem salgado)
- Noz-moscada q. b.

Colocar a farinha, a manteiga, um pouco de sal e misturar na batedeira, juntar a água aos poucos, e, se necessário juntar mais farinha. Deixe repousar por 15 minutos. Untar a forma com manteiga.
Numa bancada polvilhada com farinha amassar um pouco e estender a massa. colocar a massa na forma. Colocar o queijo, o fiambre e presunto em cima da massa.
Num recipiente juntar os ovos, as natas, o leite e a colher de sopa de farinha, temperar com pimenta, noz-moscada e sal (opcional). Bater até misturar e cobrir a tarte com esta mistura.
Vai ao forno em lume médio até ficar dourada por cima.

Já fiz esta quiche utilizando a receita de massa que aqui apresento e também com massa comprada, fica óptimo das duas maneiras.

segunda-feira, 26 de Março de 2012

Sem novidades, mas continuo por aqui :)

Olá a todas :) Espero que as vossas cozinhas andam atarefadas e cheias de vida. Infelizmente, não tenho tido grande tempo para cozinhar, ou para visitar os vossos blogs, nem colocar coisas novas no meu :(. Triste vida esta de estudante universitária...
Prometo que em breve, muito em breve, irei fazer uma visita a cada uma de vocês para ver que novidades têm para mim, e vou deixar uma receita nova :)
Já agora, andei a cuscar umas coisas do meu blog, e reparei que já tive visitas de países bem longínquos, como por exemplo Japão, Bélgica, mas que bem, não sabia que a minha cozinha já dava os seus primeiros passos pela internacionalização :P Se puderem, identifiquem-se :)
Até já :)

sexta-feira, 9 de Março de 2012

Crazy time...

Mais um mês que já começou, e mais trabalho se apresenta, atrás fica tudo o que já foi alcançado, e à frente está o esforço final. É difícil acreditar que já estou na recta final da minha licenciatura, quando parece que foi ontem que era uma caloira no 1º acabadinha de chegar à Universidade. 
Daí o título deste post, crazy time, indeed... Para onde vai o tempo, e porque passa tão depressa? 
É uma etapa que está a terminar, mas muitas mais se estão no futuro à espera de começar, e com certeza (espero eu) serão ainda mais espectaculares do que a que está terminar, e a única coisa que peço é que esteja acompanhada das pessoas que significam mais para mim, e que possa sempre partilhar a alegria de cozinhar ^^...
Deixo aqui um bolinho de nozes, outra vez (já disse que adoro nozes?), em jeito de celebração por tudo o que já foi alcançado, não só por mim mas por todos os meus colegas de turma, e para dar a energia necessária para acabarmos em grande :) E para a Picarota em especial, para acompanhar o teu cházinho :)
Já agora, parabéns a todos as entrevistadas para a notícia do Açoriano Oriental ;)


Bolo de Nozes
- 200 gr de açúcar
- 200 gr de nozes moídas
- 5 ovos
- 2 c. sopa de pão ralado + um pouco para untar
- 2 c. sopa de fermento
- 2 c. sopa de vinho do Porto
- Nozes q.b. para decorar

Creme
- 1 1/2 chávena de leite
- 100 gr de manteiga
- 100 gr de açúcar
- 1 c. sopa de farinha maisena
- 1 pitada de açúcar baunilhado

Numa tigela bater as gemas com o açúcar, depois juntar as nozes moídas, o pão ralado, o fermento e o vinho do Porto. Por fim, adicionar as claras batidas em castelo, aos poucos, sem bater.
Deitar a massa numa forma untada com manteiga e pão ralado, e levar a cozer por cerca de 1 hora, em forno médio.
Depois de frio desenformar e cobrir com o creme e decorar com nozes inteiras ou picadas.
Creme:
Num tachinho misturar os açúcares com a farinha, juntar depois o leite e a manteiga, e levar ao lume a ferver.


terça-feira, 31 de Janeiro de 2012

Camarão rima com Verão :)

Acabei agora de fazer a minha ronda pelos vossos blogs e dois ingredientes destacaram-se camarão e limão, e olhem, esta receita, leva as duas, mas que timing ^^
Não estamos no Verão, bem sei, o que não me impede de pensar numa das minhas coisas preferidas de comer no Verão. Quer dizer, camarão é uma coisa que adoro comer o ano inteiro. Esta receita, bem como a última, foi feita no Verão e todos adoraram. É simples e deliciosa, que mais se pode pedir?


Camarão Frito
- Camarão congelado de boa qualidade
- Margarina
- 3 dentes de alho
- 1 folha de louro
- Pimenta ou piripiri
- Orégãos
- Sal
- Sumo de limão

Deixar os camarões a descongelar e só os retirar da embalagem na hora de cozinhar. Limpá-los bem e se quiser retirar as cabeças.
Levar ao lume uma caçarola grande, derreter a manteiga.
Juntar os camarões, temperar com o sal, o alho, o louro, os orégãos, a pimenta ou piripiri e deixar saltear.
Regar com bastante sumo de limão e servir.


P.S. A Cozinha de Sábado está agora no facebook, quando estiverem por lá lembrem-se de ir fazer like nela ^^

domingo, 22 de Janeiro de 2012

Acabou a Hibernação :)

Olá pessoas! Já passaram mais de dois meses desde o meu último post, que, na verdade, não tinha nenhuma receita. Por isso, na realidade, já à mais de dois meses que não coloco nenhum receita... O modo hibernação começou com toda a força e prolongou-se durante algum tempo, mas agora decidi: "No More!".
E prontes... aqui estou eu, de volta, para partilhar mais um receita. Este bolo foi feito no Verão, mas a opinião do público foi unânime, é um bolo de Inverno para se acompanhar com um cházinho quentinho, numa tarde de convívio.


Bolo de Chocolate e Nozes
- 8 ovos
- 8 c. sopa de açucar
- 4 c. sopa de farinha de trigo
- 1 c. sopa de fermento em pó
- Manteiga para untar
- Farinha para polvilhar
- Nozes para decorar

Recheio:
- 1 lata de leite condensado
- 1 c. sopa de manteiga
- 2 gemas
- 1 c. sopa de chocolate em pó
- 1 chávena chá de nozes moídas

Cobertura:
- 1 tablete (200 gr) de chocolate de culinária
- 2 dl. de natas

Bater as claras em castelo, juntar as gemas e o açúcar, até ficar um creme fofo. Misturar a farinha peneirada, o chocolate e o fermento. Misturar com o creme fofo obtido anteriormente.
Vai ao forno médio, durante 40 mins, numa forma arredondada untada com manteiga e polvilhada de farinha. 
Recheio:
Colocar numa panela o leite condensado, a manteiga e as gemas, colocar no lume até se desprender da panela.
Retirar do lume, misturar  bem o chocolate em pó e as nozes moídas.
Depois de arrefecido o bolo, cortá-lo a meio e recheá-lo.
Cobertura:
Em banho-maria, deitar numa tigela as natas, até a aguá ferver.
Apagar o lume e misturar o chocolate, até se obter um creme homogéneo, deixar arrefecer e cobrir o bolo. 
Decorar com as nozes.


P.S. Após um comentário apercebi-me de uma falha na lista de ingredientes, não disse a quantidade de chocolate que leva no bolo em si. Na receita original, por lapso, também não diz, e como não quero dar informações incorrectas e como já não me lembro da quantidade de foi utilizada, quem quiser fazer este bolo siga o seu instinto e meta a quantidade desejada :) Peço desculpa pelo lapso...